segunda-feira, 16 de março de 2015

Escola e Idioma

Olá minha gente,
 
Saudades? Eu também! Ou melhor, nós também! Rsrs
 
Então que o povinho aqui na escola estão indo de vento em popa. Fazendo novas amizades, contam todos os dias que fazem um amiguinho novo. No momento a Luisa é a mais popular, dizendo ela que conhece e já é amiga de todos. kkk Mas isso independe de Itália ou não, vai do jeito de cada um. A Luisa sempre foi mesmo a Miss Simpatia, ainda bebê coloquei esse apelido nela. Tem uma facilidade nata para se comunicar e se expressar. Extroversão é com ela mesmo. Juro que não sei a quem puxou! Rsrsrsrsrs
 
Natália apesar de ser a líder na parte de bagunça, ser extremamente atenciosa e carinhosa, ela se abre muito com seus amigos mas ela escolhe os amigos. Muito justo. E o menino já sabe, o amor da vida dele sou eu e pronto. O demais é desnecessário. Brincadeira gente, mas ele é de fato o mais seletivo e só se conhece mesmo o verdadeiro Didigo depois de muita intimidade. Mas pasmem! Já tem bastante amigos na escola. E os três chegam todo dia na escola recebido com festa: Rodrigo, Natália, Luisa! Todos gritam quando os vêem! Fico contente.
 
Na escola eles só almoçam e lembro que tinha gente curiosa sobre o que seria esse almoço. Vamos lá:
O almoço, um pouco carinho até, segue o ritual italiano: Primo piato, secondo piato, pane (pão todo dia, acompanhando a comida é regra) e sobremesa (fruta) ao final. No início era engraçado ver o relato dos três sobre a comida: Mãe, hoje almoçamos macarrão e a sobremesa foi carne e no final, quem comeu tudo ganhou um pão. kkkk
 
Eu expliquei como funciona a refeição daqui e pedi que eles experimentassem tudo antes de apenas dizer que não gostam. Então é assim: O primo piato é SEMPRE pasta: macarrão. Sendo que um dia é fusili, no outro espaguetti, no outro gnocci e por aí vai. Um dia com molho de tomate, no outro bolonhesa e da mesma forma segue adiante. Um dia ou outro, mas muito raramente, a pasta é substituída por um risoto. Nesse primeiro prato todos comem bem. O Rodrigo sempre repete, pra variar.
 
O secondo é uma proteína com uma salada então pode ser carne, peixe, ovo, frango e por aí vai. E a salada também varia: tomate e milho, espinafre, salada verde, coisa do tipo. Nessa parte eles comem a carne e deixam a salada. :( Tem dias que tem Purê, queijos diversos e alguns acompanhamentos assim e são igualmente bem recebidos.
 
E então vem o pão, que as meninas comem e o Rodrigo não e finalmente a fruta que em 1 mês e meio de escola foi sempre banana. Imagino que deva ser a fruta da estação, mas tô achando ótimo pois é a preferida deles.
 
Idioma: Eles já entendem tudo. Tudo mesmo. As pessoas na rua, a professora e até mesmo o desenho da tv perguntam coisas para eles e eles respondem: em português... Rodrigo que assistindo a tv, responde às perguntas que fazem nos desenhos em italiano. Mas na rua não dá bom dia nem boa tarde! Afff Mas aí volta àquela questão da personalidade de cada um e é sabido que o problema dele não é apenas o italiano, é o fato de por opção não querer socializar. Estamos trabalhando nisso diariamente.
 
Outro fator que ajudaria seria falar italiano em casa, mas tanto eu quanto Roberto estamos igualmente aprendendo e isso nos inibe também de falar e acabar ensinando errado. Porém eu decidi que vou falar o máximo que puder de italiano em casa e pedi o mesmo a eles. Ainda que misturássemos o italiano com o português quando não soubéssemos algo.
 
E como recompensa, prometi que se os 3 falassem em italiano o tempo todo em casa e na escola, ao fim de 1 mês, ganhariam um brinquedo. O negócio ficou divertido. kkk E aí se vê o quanto eles já sabem mas por vergonha não falam. Rodrigo inclusive é o que sabe mais. Formula frases inteiras no tempo correto e com algum nível de dificuldade que me surpreende a cada minuto, mas vai convencer ele de falar na rua...
 
A Natália é a mais engraçada, mesmo antes de eu pedir que eles falassem o italiano o tempo todo, ela já estava, mesmo sem perceber, misturando os 2 idiomas. Ela não fala mais aqui ou este. É sempre qui ou questo. E coisas assim que não me lembro agora. Acho que no frigir dos ovos, estamos muito bem na nossa empreitada. E como bons baianos assim vamos levando: devagar, sempre e sempre pra frente!!!

2 comentários:

Nanda Scandura disse...

Kkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkk. Eu ri demais com a carne pra sobremesa! Hahahahahahaha imaginei a cara deles de frustração ao receber uma carne de sobremesa! Rsrs.
Vc nao sabe a quem Luísa puxou que nem eu não sei a quem Natália puxou! Rs
Aiai... Que vontade de estar participando de perto de tudo isso! Bjooo

Érika Scandura disse...

No final ganha um pão foi ótimo! Nath é D+! Saudade D+! Amo muito os três :)