sábado, 29 de maio de 2010

Denguinho da mamãe


Quem é mãe deve entender o que vou falar e quem sabe até me dar conselhos! Espero de Chris e Uli, que estão mais adiante na criação de trigêmeos, uma dica de como agir! rsrs

As crianças já há algum tempo identificam e dão preferência à mim, que sou mãe, isso já era de se esperar, mas é que eu acho que o fator ciuminho está em ação e estou achando as vezes as reações exacerbadas.

É inexplicável, mas eles simplesmente não podem sequer me ver que páram tudo que faziam, correm até mim e abrem o berreiro para eu pegá-los. É gostoso se sentir tão amada, mas às vezes dá um aperto no coração não conseguir dar conta de todos ao mesmo tempo. Quando eu tenho que fazer almoço, pretendo arrumar alguma coisa, enfim, não estou totalmente à disposição deles, evito aparecer perto do quartinho de brinquedo. Se chego da rua, entro pelos fundos, passo correndo, faço o que tenho que fazer, até mesmo quando quero descansar e depois, desço para ficar com eles.



As vezes eu tô na sala, perto do quartinho da bagunça e fico escutando eles gargalhando, gritando, conversando, espio de longe vejo brinquedos espalhados por tudo, os três interagindo, brincando com Rosângela e Ana (as ajudantes), mas se vêem meu vulto, páram tudo, vem para a grade da porta e ficam chorando. Até brinquei com Roberto que pareciam uns detentos e eu morro de pena. Por isso dou uma volta e evito passar perto do local a não ser que seja para ficar.



Mas mesmo quando eu chego pra ficar, seja de dia para que as meninas possam fazer outras coisas ou seja de noite, que elas estão indo embora e eu assumo o posto de vez, não é tão tranquilo. É colocar o pé dentro do quarto e os três vêm em minha direção e ficam no meu pé pedindo para eu pegar. Aí eu sento, mas fica um passando por cima do outro para ficar no meu colo. Eu evito pegar um só porque senão os outros choram e não é justo. Aí eu dou um beijo em cada um, coloco sentadinho ao meu lado (fazendo uma roda) e começo a brincar. As vezes dá certo. As vezes não. Aí eu engatinho, danço, canto (kkk) e, de vez em quando, quando percebo que dois estão brincando, pego o terceiro mais dengoso do momento. Mas eu que faça qualquer movimento de que vou levantar que eles não contam conversa: abrem o berreiro.


Isso está acontecendo nas noites também. Eu sempre acordo para pegar alguém que eventualmente acorda no meio da noite, mas se por acaso eu quiser descansar e o pai ir no meu lugar, ele tem que ir e eu não posso nem sair da cama. Porque eu acho que quando eu aproveito para ir ao banheiro ou coisa parecida, parece que eles sentem meu cheiro e choram horrores que nem pai nem mamadeira resolvem. Só querem a mim.


Abri esse tema para compartilhar com futuras mães de trigêmeos que serão taambém muito amadas e queridas e para saber das mamães mais experientes se também foi assim com elas e como elas agiam...


Fiquem então com fotinhas da mamãe com cada um desses trocinhos que cada vez eu amo mais!


Beijos

domingo, 23 de maio de 2010

Interação

Pra quem achava que a Natália era a líder da gangue, aí está a prova do contrário... Na verdade, este cargo é o do Rodrigo! Ela pode ser a segunda em comando.

video



Interação é a palavra da vez. Este vídeo foi feito dia 21 de maio, e estavam todos numa farra só. Muita conversa, muitos sorrisos trocados, muita alegria e brincadeira. Seguimos cada vez melhor!!!

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Pesos e Medidas


Dia 12 fomos ao pediatra para a nossa consulta mensal. Estamos todos bem, mas as meninas, pela primeira vez não ganharam peso. Mantiveram. Estão mantendo a forma desde cedo. rsrs

Rodrigo que surpreendeu. Mesmo com tanto vômito da virose, depois da gripe, ele ganhou peso e bastante pois havia perdido muito na época da virose. Vamos aos números:



Luisa 69 cm e 7,4 Kg

Natália 68 cm e 7,1 Kg


Rodrigo 71 cm e 7,6 Kg



Segundo o médico, todos tiraram nota dez. ;-) Continuam saudáveis e crescendo. Rodrigo que o diga!


Agora nossos dias em casa são uma farra constante! Desde primeiro de maio estou em casa por tempo indeterminado... Esqueci de contar não foi? Resolvi dar um tempo no trabalho. Não que seja impossível conciliar, não se assustem futuras mamães de trigêmeos! É que eu, particularmente, não estava desempenhando nenhuma das duas funções como deveria. Além do turno que eu passava fora trabalhando, eu levava 1 hora para chegar no trabalho e 1 hora e meia para v0ltar por causa do engarrafamento. Então no fim do dia eu já tava agitada querendo sair logo, ficava preocupada se ia chegar antes das oito pois teria de liberar a babá, enfim: estava lá mas não com a mesma dedicação de antes e em casa eu também tava em falta pois devido o cansaço, quando a babá chegava de manhã, eu aproveitava para dormir antes de trabalhar e isso reduzia ainda mais meu tempo com eles. Eu sou muito exigente comigo mesma e, antes que alguém reclamasse ou duvidasse do meu profissionalismo, pedi para sair. Dessa forma, mantive uma porta aberta para um futuro retorno, quem sabe. Assim curto bastante meus amores e vivencio e ajudo no desenvolvimento deles neste momento mais importante de mudanças constantes. ESTOU MAIS FELIZ AINDA!

domingo, 9 de maio de 2010

Dia das Mães



Antes de qualquer coisa, PARABÉNS para TODAS as mamães que nos seguem e para as que não seguem também. Rsrs Depois, vim contar que tive um dia das mães M A R A V I L H O S O !!!


Comecei o dia cercada de delícias, depois ganhei MONTES de presentes! (Pai exagerado) Luisa me deu um perfume GAP, Natália um kit com 3 gloss labial Elizabeth Arden (bom gosto estas crianças tem...), Rodrigo me deu uma necessaire (para eu não usar a de papai...) e o pai mais puxa saco e exagerado que eu já conheci me deu um vestido longo (de mãe de família) muito bonito. A M E I Tudo!!! Mesmo que não fosse de bom gosto valia a intenção né? Sem falar que ganhar mimos, mesmo que fosse um bombom é bonzão!!!


Outra coisa legal é que recebemos parabéns de todo mundo. Recebi muitos scraps, SMS, ligação e até ganhei uma Rosa da padaria pois eu fui lá de manhã com a Luisa comprar uns salgadinhos para comemorar o dia das mães.


O dia foi dez. Almoçamos em casa, fiz o almoço, sobremesa, de tarde teve lanche e nos intervalos muita agitação com as crianças que não sossegam 1 minuto sequer! Eu não consigo descrever as situações aqui. Um dia vou fazer uma montagem de TRAQUINAGENS para tentar passar um pouquinho da idéia da nossa rotina diária. rsrsrs


Neste momento deixo uma montagem que fiz hoje do momento dos presentes e depois de um segundo que eu deitei no chão e rapidamente os três vieram em minha direção e subiam em mim por todos os lados. Os três estavam me escalando, mas quando o pai pegou a câmera restavam dois apenas.


Beijos para todos. (quero mais dia das mães!!!)

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Matando a saudade do papai



Montei umas fotinhas para papai ver um pouquinho dos nossos momentos aqui na sua ausência.

Acredito que nossos seguidores gostarão de compartilhar estes momentos com a gente também!

Fiquem com a fotinha...

Mil beijos.

quarta-feira, 5 de maio de 2010

8° Mêsversário



Todo mês temos o nosso bolinho para comemorar o mêsversário das crianças. Quando cai num sábado a farra é maior, acabamos fazendo um pãozinho, empadinha, brigadeiro, vem a família toda, mas normalmente somos sempre os mesmos, mas bastante animados.


Este foi o primeiro mês que papai não pôde estar presente pois está viajando à trabalho e por isso, mamãe está postando aqui rapidinho para compartilhar com ele nossa farra. Estavam presente: Tia Di, Vô Adelson, Dinda Ana, André e Mamãe, além dos protagonistas da festa, claro.


A dinda, como sempre exagerada traz diversos presentes, mas dessa vez foi um espetáculo! Ela trouxe um presente educativo e outro que ela viu, achou interessante e não resistiu. Caso foi que as crianças ficaram apavoradas com o brinquedo. Eu ia filmar a reação de Rodrigo, mas o despero foi tão grande que eu larguei a câmera e fui acodir ele.


Deixarei para vocês verem fotinhas e um védeo que eu fiz de Luisa tentando se livrar do brinquedo, mas ela é corajosa pois foi a única que o enfrentou. Se eu tivesse conseguido filmar a primeira reação dos três e ainda mais ao mesmo tempo, seria uma filmagem para videocassetada nenhuma colocar defeito...


Hoje também demos a segunda dose da vacina H1N1. Era para dar dia 30, mas eles estavam muito gripadinhos e eu esperei melhorar.


Beijos para todos e até a próxima postagem.


P.S.: Esqueci de falar uma coisa importantíssima! Na foto vocês vão ver a nossa mais nova aquisição. A cadeira suspensa para refeição. MUITO legal! Eles ficam na mesa com a gente e se sentem muito importantes. Sem falar que é portátil e podemos levar para restaurantes. Assim podemos frequentar restaurantes, almoçar e não ocupar todo o restaurante com nossos infinitos carrinhos, sacolas, etc etc. É aprovada pelo INMETRO e suporta até 16Kg então vai durar bastante. Eu comprei apenas uma primeiro para ver se eles iam gostar e se ia ter serventia, mas o sucesso foi tanto que comprei as outras duas no dia seguinte ainda pela manhã. Lógico que não deixaremos eles na cadeirinha sem estarmos do lado e demais cuidados básico que devemos ter com tudo e não apenas com a cadeirinha.

video

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Fim de semana sem ajuda...


Quem disse que feriado sábado não faz diferença? Faz sim... Se tínhamos apenas uma ajudante meio período, ficamos sem nenhuma... Éramos nós, papai, mamãe e o trio maravilha. Nos dividimos nos afazeres domésticos, casa, comida das crianças, cachorros, banho crianças e Rua!!! Pois é, fim de semana decidimos sair. Acreditem: Dá menos trabalho que em casa. Tem toda a logística de preparar carro, sacola deles (que no nosso caso é uma mala), carrinhos no carro, canguru, etc etc.

Meu carro está constantemente arrumado, as cadeiras estão sempre lá fixas e deixo 2 cangurus lá e um em casa. A mala já estou prática em arrumar e o mais importante: levar lanchinhos diversos. Vai que passamos da hora e não vamos deixá los nervosos. Eu agora sempre levo mais de uma opção. Não levo suco, sopinha pois são coisas que estragam sem refrigeração, mas levo papinha de frutas da nestlé, biscoito maizena (agora também ofereço a versão chocolate pra variar o cardápio), comprei hoje pela primeira vez o mucilon prontinho, tudo bem prático, ótimo para mãe de múltiplo! rsrs

Voltando ao fim de semana: Arrumamos todos e conseguimos sair quase duas da tarde pois começamos os banhos deles 11h, o almoço deles 12h, deixamos eles tirarem o cochilo de meio dia, aproveitamos e tomamos o nosso banho e conforme foram acordando, os vestimos. Chegamos no shopping quase duas da tarde. Fomos para praça de alimentação, pedimos nosso almoço e entre as garfadas que dávamos no nosso prato, dávamos papinha para eles. Ao fim da refeição fomos ao supermercado e, para completar o dia, passamos para visitar Tia Ana Luisa, a dinda de Natália oficialmente e dinda dos demais por consideração, pois infelizmente os outros padrinhos estão um pouquinho distantes e ela tenta suprir esta ausência sendo bem presente! Lá as crianças brincaram no chão, fizeram lanche e voltamos para casa 18h, na hora de comer e dormir! No domingo foi o mesmo processo, arrumação e Rua! Dessa vez conseguimos chegar no shopping 14:30. Lanchamos, fizemos bastante compras e voltamos para casa 17h pois ainda tínhamos um aniversário para ir. Aí demos comida para eles, deixamos tirar o cochilo, trocamos de roupa e saimos para o aniversário. Voltamos umas 21:30, mamadeira e cama! Rendeu hein?

O motivo desse post foi para mostrar para pais e mães que é possível, com um pouco de organização, levar a vida a diante com filho, nós levamos com três! Fiquei grávida por opção, trigêmeos foi brinde da vida, mas desde sempre eu sabia que queria ser mãe para completar minha vida e não para viver reprimida. Portanto, eu e o pai, resolvemos que não deixaremos de viver porque temos bebês, mas sim agir com bom senso e bom humor. Não dá para fazer tudo, mas pela descrição do nosso fim de semana percebe-se que fizemos bastante coisa e sem ajuda. Se tivéssemos uma tia, uma avó, uma babá então, seria moleza! Como foram dois dias seguidos sem ajuda e com bastante passeio, ao fim do domingo estávamos bem cansados, mas muito satisfeitos!

Para finalizar, fiquem com fotinhas das crianças comendo biscoito de maizena sabor chocolate no domingo esquanto mãe e pai almoçavam no shopping. E observem a cara de satisfação deles. É incrível como eles vão e voltam sem chorar e enquanto estão na rua estão felicíssimos.



video