quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Pintando sem sujeira









Natal eu esqueci de mencionar o segundo presente que a dinda Ana deu. Me empolguei tanto com a mesa que esqueci o outro que ela deu inclusive para ser estreado na mesa. Bom, é uma espécie de "papel e caneta" mágicos. O papel é um tapete, que parece plástico e a caneta tem o formato de uma caneta mesmo, plástica, mas ao invés de carga, tem uma espuminha dentro que a gente preenche com água. Aí eles desenham no papel-plástico e depois de um tempo ele apaga automaticamente, conforme vai secando.

Não sei se as mamães que nos acompanham conhecia isso, eu não conhecia. E gostei muito. Para essa introdução, onde tudo é novidade sempre temos os empecilhos. Se é giz de cera, eles podem comer, tinta guaxe é não tóxica, mas faz uma melecação. O que pra mim, não chega a ser problema, pois concordo com um determinado sabão em pó que diz que se sujar faz bem. Mas não deixa de ser interessante se levarmos em consideração que temos trigêmeos e a bagunça é triplicada. Sem falar que é mais uma novidade. E novidades nunca são demais para eles.

Ontem estreamos o presente. No início eles não entenderam muito não, mas depois até rabiscaram um pouco. Coisa é que só tinha uma caneta e todos queriam pintar. A dinda falou que não vende caneta avulsa e já que eles aprovaram, compraria os outros dois. Nem precisa, papai muito esperto pegou um potinho de água para eles pintarem com o dedo. Mas aí complica ainda mais. Eles acharam que a água era pra beber e depois derramaram o pote todo...

Xá pa lá...

Vou colocar as fotinhas do momento de artista deles. E outra muito interessante da mão de Luísa após um passeio que fizemos pela manhã na rua...
Tenho feito bastante isso. Um dia fomos eu e Nati enquanto os outros dormiam. No outro dia Nat dormiu e eu saí com os outros dois. Descalços, no chão, experimentando diferentes tipos de chão, pisando na sombra no quente e achando interessante, batucando no carro no avô que tá estacionado aqui na frente (por isso a mão preta). Ou seja, sendo crianças. Depois os levo pra casa, coloco na pia da lavanderia, lavo as mãos e os pés pra tirar o "grosso" e depois tomam banho. Até eu fico preta por tabela. Para desencardir só um banho com esfregão! kkk

MUITO BOM!

7 comentários:

Renata disse...

que legal essas canetas...bem, meu pai introduziu tinta guache e tela..dai ja viu, hidrocor nao tem graça..pode isso? Chega a chorar quando dou um caderno e lapis de cor..quer TINTA..hahahaha....Essa dinda Ana e' caprichosa! o trio esta cada dia mais lindo!!!!!!! beijos Paolinha...mes que vem tem festinha aqui!!quero o trio todinho por aqui hein? Nesse ano eles vao brincar muito!

Uli disse...

Nossa que legal! Eu não conhecia! A minha ajudante deu ao trio um quadro mágico daqueles mais tradicionais...vem uma canetinha que escreve colorido, de acordo com a direção do quadro. o efeito acontece através de um imã e aí é só puxar um botão que tudo apaga. O trio está se amarrando...até eu desenho o dia todo.
Fora isso, já temos brincado com lápis de cera, massinha e guache quase todos os dias...no dia da guache eu vou fotografar.

tresmoleques disse...

Oi Paola,
Adorei a mesa. Também queremos uma.
Por favor, me diga o nome, marca e tal para que eu possa procurar por aqui também, pois acho que meu Trio vai adorar.
Seus filhotes estão lindos. Parabéns!
Super beijo, Lu + Três Moleques

PAOLA disse...

Oi

É a mesa infantil Tramontina Picnic. Coloca essa descrição na net que aparece um monte de opções.

Beijos para vc e seus três moleques.

Ana Luisa disse...

Amiga, fico feliz que as crianças estejam começando a rabiscar e a desenvolver a criatividade. Em breve eles usarão mais o tapete. Irei comprar 2 outras canetas, não quero briga. rs

Beijos da Dinda muito babona

tresmoleques disse...

Oi Paola,
Me expressei mal. Na verdade eu queria saber sobre o "papel e caneta mágicos" e acabei falando da mesa. Cabeça de mãe de tri é assim mesmo! Bjks, Lu + Três Moleques

Trimãe Paola disse...

Oi meu bem,

Então vai: é ACQUA MAGIC da Estrela Pim Pam Pum.

Acho que não tem erro.